FUNÇÃO Ex: Administrador

RH do futuro: demandas e características profissionais da indústria 4.0

Noticia 5792

-

Enviar por E-mail
Enviar por E-mail

E-mail:

Novas formas de produzir, novas tecnologias e maior produtividade para o setor industrial. Estas são algumas das expectativas da Indústria 4.0, também chamada de Quarta Revolução Industrial. O movimento já tem traços bem desenhados em outros países, como os Estados Unidos, Rússia, Japão, China e Reino Unido. Processos de manufatura inteligente contam com o apoio de iniciativas públicas e privadas, fomentados pela agilidade que a tecnologia trouxe para os negócios.

Se o modo de produzir vai mudar, não é difícil imaginar porque os profissionais que vão atuar nestes novos modelos precisarão ter novas habilidades no currículo. E, ao contrário de qualquer especulação, não haverá redução no número de vagas: haverá uma demanda por perfis diferentes daqueles que o mercado de trabalho possui hoje.

Uma pesquisa feita pelo Boston Consulting Group, na Alemanha, estima que o número de empregos naquele país deve aumentar em 6% nos próximos dez anos, com 960 mil novos postos de trabalho, especialmente nas áreas de tecnologia da informação. Os dados foram divulgados em matéria da Exame.

Demandas de contratação para a Indústria 4.0

Para os gestores de RH, a principal mudança está relacionada às competências dos profissionais que vão trabalhar na manufatura inteligente. Em vez de empregados para chão de fábrica, será preciso buscar pessoas com formação técnica em operação e desenvolvimento de sistemas, softwares e maquinários cada vez mais automatizados.

Se na Alemanha a previsão é de quase um milhão de novas vagas, o Brasil também estará cheio de oportunidades. Segundo o Mapa do Trabalho Industrial elaborado pelo Senai BR, o país precisará qualificar mais de 13 milhões de pessoas para trabalhar na indústria. Somente na área de TI, a demanda deve ser por cerca de 230 mil trabalhadores.

A busca por qualificação envolverá principalmente as formações técnicas. Programador de produção, técnico em eletrônica e técnico em eletrotécnica são apontadas como as três ocupações com maior demanda por profissionais até 2020.

Competências profissionais do futuro

Dentro da capacitação técnica necessária para atuar na Indústria 4.0, algumas competências ganham maior destaque. Você pode começar a observá-las nos processos de contratação a partir de agora. Isso porque, com as expectativas de crescimento da manufatura inteligente e da economia brasileira, muitos dos seus colaboradores participarão da transição nos processos.

Veja algumas competências profissionais úteis para a Quarta Revolução Industrial:

1. Amplo domínio das técnicas industriais

Pessoas que conhecem o funcionamento de uma planta industrial, a origem e a finalização de cada processo produtivo. Estes serão profissionais imprescindíveis nos novos modelos de negócios. Serão profissionais multidisciplinares que poderão liderar processos, equipes e supervisionar áreas sensíveis da produção.

2. Análise de dados

Com processos automatizados, será necessário ter por perto profissionais capazes de ler e analisar os dados gerados pelas máquinas. A capacidade analítica vai contribuir para otimizar processos, propor novas soluções e terá papel importante na tomada de decisões para as indústrias.

3. Conhecimento em robótica

As máquinas que vão operar a nova indústria serão desenvolvidas e operadas por pessoas. Naturalmente o conhecimento em robótica deve ser agregado às grades curriculares das formações técnicas e aos processos de contratação.

4. Afinidade com inovação

Capacidade para abandonar formas de trabalho menos produtivas e adaptar-se a tecnologias que mudam a todo instante. Profissionais com maior habilidade para inovar, empreender e criar dentro da própria empresa tendem a permanecer mais tempo na Indústria 4.0.

5. Conhecimentos avançados em ambientes digitais

Soluções em nuvem, realidade aumentada, processamento virtual de dados. Todas estas tecnologias que já fazem parte do dia a dia já têm transformado o mercado de trabalho e a rotina das empresas. O aprofundamento em processos virtualizados é uma das grandes tendências nos perfis profissionais do futuro.

Como será o trabalho do RH na Indústria 4.0?

Um futuro não tão distante assim. Se você trabalha no RH há cinco ou dez anos certamente já vivenciou muitas mudanças no dia a dia da área. Soluções digitais para rodar a folha de pagamento, comunicação online com os trabalhadores, digitalização de documentos, eSocial: o RH ganhou mais tempo para trabalhar de forma estratégica.

Os desafios para a área de gestão de pessoas na Indústria 4.0 devem ser muito relacionados com a contratação dos perfis profissionais que você viu acima. Enquanto máquinas e softwares farão a operação burocrática, a habilidade humana de identificar as pessoas certas para cada posto ainda será um importante recurso do RH.

Outro desafio será promover a cultura da inovação nas mais diversas áreas da empresa. Ela deverá fazer parte de uma política de gestão de pessoas cada vez mais estratégica e afinada com as necessidades do mercado e dos indivíduos. Uma tarefa que você pode começar a desenvolver hoje!

Tecnologia e futuro do RH: soluções para otimizar tarefas

A Employer é especialista em desenvolvimento de tecnologias com foco na gestão de rotinas do RH. Conheça algumas soluções que otimizam tempo, recursos e deixam a área muito mais estratégica.

Webfopag: folha de pagamento online.

Sistema 100% web, com cálculos automáticos a cada lançamento. Flexível e customizável para as mais diversas áreas. Integrada com qualquer sistema ERP.

Painel do RH: comunicação online.

Mais agilidade e eficiência na disponibilização de holerites. Solicitação de férias, envio de atestados e comunicados para os empregados.

Pontofopag: ponto eletrônico.

Gestão simplificada de faltas, afastamentos, férias, batidas irregulares e outras informações referentes à produtividades dos seus empregados.

Como você tem se preparado para a Indústria 4.0? O RH da sua empresa já está digitalizado? Conte sua experiência no espaço de comentários.

Comente

0800 001 1212

© 2012 Salário BR - www.salariobr.com.br