FUNÇÃO Ex: Administrador

Tipos de trabalho: conheça o celetista, avulso e determinado

Noticia 2617

-

Enviar por E-mail
Enviar por E-mail

E-mail:

Entende-se por trabalho qualquer atividade física ou intelectual, realizada por ser humano, cujo objetivo é fazer, transformar ou obter algo. Mas existem diferentes tipos de trabalho.

De acordo com o Ministério do Trabalho é possível dividir o tipo de trabalho em algumas categorias, entre elas celetista, avulso e por prazo determinado.

O trabalhador celetista é aquele cuja relação de emprego é regida pela CLT, independentemente de o empregador ser do setor público ou privado. Esse é o chamado trabalho formal, com benefícios e carteira profissional assinada. Consiste em trabalho fornecido por uma empresa, com todos os direitos trabalhistas garantidos. O papel ocupado ou a função que a pessoa desempenha em alguma atividade econômica lhe confere uma remuneração. No caso dos empregados de uma empresa, por exemplo, essa remuneração pode ser chamada de salário ou de vencimentos, sendo esta muito utilizada para se referir aos rendimentos dos que trabalham em órgãos do governo. 

Já os trabalhadores avulsos são definidos como aqueles que prestam serviços a vários tomadores e que executam serviços de curta duração. Em lei este trabalho é desempenhado por estivadores, alvarengueiros, conferentes de carga ou descarga, vigias portuários, amarradores, trabalhadores avulsos do serviço de bloco, trabalhadores avulsos de capatazia, arrumadores, ensacadores de café, cacau, sal e similares e trabalhadores na indústria de extração do sal, na condição de avulsos, que prestam serviços por meio de sindicatos. Ou seja, trabalhadores  que prestam serviços com a intermediação da entidade de classe e que tem o seu pagamento feito sob a forma de rateio. Os trabalhadores avulsos, sindicalizados ou não, terão direito, anualmente, ao gozo de um período de férias, sem prejuízo da respectiva remuneração. As férias dos trabalhadores avulsos serão de trinta dias corridos, salvo quando o montante do adicional for inferior ao salário base diário multiplicado por trinta, caso em que gozarão férias proporcionais. 

Trabalhadores por prazo determinado, regidos pela Lei nº 0.601, são aqueles que podem ser contratados por um período máximo de dois anos, desde que esse tipo de contrato tenha sido previsto em convenção ou em acordo coletivo. Ao final do contrato desses trabalhadores não são devidos o aviso prévio nem a indenização de 40% do FGTS. As empresas são obrigadas a aguardar 6 meses entre a data do término deste contrato e um novo contrato por prazo determinado com o mesmo trabalhador. É possível estabelecer esse tipo de contrato para qualquer atividade desenvolvida pela empresa ou estabelecimento.

 

Comente

41 3312-1200

© 2012 Salário BR - www.salariobr.com.br